Primeira publicação da relação de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados no PSQ ocorreu em junho deste ano A preocupação com a qualidade de...

Primeira publicação da relação de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados no PSQ ocorreu em junho deste ano

A preocupação com a qualidade de esquadrias ganhou novo aliado. Desde junho deste ano, o site do Ministério das Cidades iniciou a publicação da relação de fabricantes de esquadrias de alumínio qualificados no PSQ (Programa Setorial de Qualidade de Portas e Janelas de Correr de Alumínio).

A AFEAL (Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio), mantenedora do programa, e sua parceira, a ABAL (Associação Brasileira do Alumínio), apresentam o PSQ durante a Fesqua 2018. “Essa qualificação dá mais segurança aos consumidores”, explica Antônio Antunes, presidente da AFEAL. “Ninguém é obrigado a entender de esquadrias. Portanto, cabe a nós, fabricantes, garantir que o produto tem a qualidade necessária para nossos clientes”, avalia.

Nesta primeira etapa, o PSQ avaliou especialmente os sistemistas e os fabricantes de esquadrias de alumínio que possuem seus próprios sistemas, explica Antunes. “As homologações abrem as portas para a participação dos fabricantes de esquadrias de alumínio que utilizam estes sistemas. Todas estas ações visam garantir que as portas e as janelas de alumínio, comercializadas em todo o Brasil, propiciem a segurança, a durabilidade e o conforto esperados pelos usuários”, explica o presidente da AFEAL.

“A qualificação ainda atinge um número pequeno desse grupo, mas é um começo. Aliás, é o começo do fim da não conformidade das esquadrias que estão hoje no mercado nacional”. Pelos cálculos do setor, hoje existem 30% de esquadrias fora de norma sendo vendidas no país. “Com o tempo vamos reduzir esse percentual”, garante Antunes.

Sicoob oferece seus serviços durante a Fesqua 2108

Opção aos bancos tradicionais, o Sicoob Metalcred, sistema financeiro destinado ao setor metalúrgico e seus parceiros, participa pela primeira vez de uma feira, e optou pela Fesqua 2018. Com todos os serviços oferecidos pela rede bancária, o Sicoob Metalcred apresenta, segundo Danilo de Assis Lateri, gerente Comercial e de Marketing, taxas menores que o mercado e facilidades para as empresas e seus funcionários.

Durante palestra no Sebraser (XVI Seminário Brasileiro de Serralheria) que acontece durante a feira, Lateri apresentou o sistema para os empresários. Segundo ele, o Sicoob é o maior sistema financeiro cooperativo do país com mais de 4,2 milhões de cooperados, 2.769 pontos de atendimento, distribuídos em todo Brasil. “Também é hoje o quinto maior sistema financeiro em redes de atendimento no mercado nacional”, afirmou.

Lateri explica que o Sicoob oferece aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outros. “Ou seja, tem todos os produtos e serviços bancários, mas não é banco. É uma cooperativa financeira, onde os clientes são os donos e por isso os resultados financeiros são divididos entre os cooperados”, garante.

Doações ao terceiro setor impactam na redução de custos e podem aumentar o lucro das empresas

As empresas podem destinar recursos para instituições do terceiro setor locais e abater no imposto a pagar. Essa foi uma das possibilidades apresentada por Takashi Yamaushi, do Instituto IDEA, durante a palestra “O Terceiro Setor na Construção Civil” que integra o Sebraser (XVI Seminário Brasileiro de Serralheria), que está sendo realizado na Fesqua 2018.

Yamaushi lembrou que o terceiro setor não se limita a entidades assistenciais, mas toda aquela que atende as necessidades da sociedade como transporte, educação e saúde. “Essas instituições fazem a interface entre o setor produtivo e o governo”, afirma.

Dessa forma, segundo Yamaushi, o terceiro setor deve ser visto como ferramenta de negócios para redução de custos apoiado no desenvolvimento econômico e social, através de informações sobre as legislações, normas técnicas e estratégias de trabalho para a construção civil. “O valor destinado a essas instituições, que entra como renúncia fiscal para o governo, muda a base de cálculo do imposto da empresa doadora que tem uma economia de 34,4% no valor do imposto a pagar”, explica. “Essas ferramentas, além de reduzir custos, ajudam a aumentar os lucros das empresas que realizam negócios com as instituições, o que, no atual cenário de crise, tornou-se regra de sobrevivência para buscar alternativas de melhoria operacional”, garante o consultor.

Proteção contra os insetos e sustentabilidade no seu dia a dia

As Telas MM, em parceria com a startup Block Insetos, lançou a cortina magnética, um produto inovador que está atraindo a atenção dos visitantes da Fesqua. A cortina usa material reciclável, dispensa o uso de veneno e qualquer pessoa pode fazer a instalação. Além de todas essas vantagens, a principal é que as pessoas ficam protegidas dos insetos no calor.

De acordo com a assessora de imprensa da marca, Melissa Stranieri, a tela foi criada por uma mãe que, na época do surto da Chicungunha, estava com medo de que seu filho pequeno ficasse doente. “Ela decidiu desenvolver uma tela que fosse fácil de tirar e lavar, sem que perdesse a durabilidade”, explica Stranieri.

A aceitação do produto está sendo muito boa e deve impulsionar os negócios da empresa. “O interesse pelo produto foi maior do que imaginávamos”.

Divisórias inteligentes valorizam cada ambiente

Quem valoriza a arquitetura de interiores não abre mão de sistemas de divisórias “inteligentes” para ter a privacidade e conforto em cada ambiente. Na Fesqua 2018, a dormakaba apresenta o lançamento do UNIQUIN, sistema de perfis de alumínio e vidros para interiores utilizado como divisórias de salas com portas acionadas por fechadura com controle de acesso, que também permitem o uso de molas hidráulicas embutidas e sistemas deslizantes.Tratam-se de perfis discretos dotados de isolamento acústico, instalação elétrica integrada e controle de acesso flexível, que se encaixam perfeitamente formando um design uniforme e coordenado.

“A Fesqua é uma grande oportunidade para apresentarmos nosso portfólio de produtos e soluções para o segmento de esquadrias. Além disso, o evento nos oferece parcerias com novos clientes e a exposição para importantes integrantes do mercado”, afirma Tomas Catafay, vice-presidente da dormakaba para América Latina”.

Serviço:

12ª FESQUA – Feira Internacional da Indústria de Esquadrias

www.fesqua.com.br

11ª FEITINTAS – Feira da Indústria de Tintas, Vernizes e Produtos Correlatos

www.feitintas.com.br

16º EBRATS – Encontro e Exposição Brasileira de Tratamentos de Superfície

www.ebrats.com.br

Horários: de 4ª a 6ª, das 14h às 21h, e no sábado, das 11h às 19h

Data: 12 a 15 de setembro de 2018

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo/SP

Sobre a Cipa Fiera Milano

A Cipa Fiera Milano, filial brasileira da Fiera Milano, um dos maiores players de feiras e congressos do mundo que a cada ano atraem aproximadamente 30 mil expositores e mais de cinco milhões de visitantes, tornou-se sócia majoritária da Cipa do Brasil em 2011, dando origem à Cipa Fiera Milano. No Brasil, são realizadas 12 feiras que representam os mais diversos segmentos da economia, como segurança, energias limpas e sustentáveis, tubos e conexões, cabos, saúde no trabalho, tintas, tratamento de superfícies, esquadrias, tecnologias em reabilitação, inclusão e acessibilidade, entre outras. Entre as principais marcas do portfólio estão Exposec, Fisp, Fesqua, Ecoenergy, Reatech e Ebrats.

 

 

 

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *