A notícia se repete: aposentados são vítimas de golpes, em 2017 essa prática cresceu 30%. A Secretaria de Previdência Social alerta para o aumento...

A notícia se repete: aposentados são vítimas de golpes, em 2017 essa prática cresceu 30%. A Secretaria de Previdência Social alerta para o aumento de golpes em que criminosos se passam por representantes do órgão para extorquir os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com levantamento da Ouvidoria-Geral do órgão, até 26 de dezembro de 2017, foram registradas 1.051 denúncias sobre esse tipo de fraude.

“Ajude nosso Portal a crescer, dê um click nos banners de publicidade”

Ao longo de todo o ano de 2016 foram 947 denúncias de golpes, visto que, em 2017, esse número chegou a 1.222, aumento de 30%.

Ovídio Vacari Presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Valinhos, também tem registrado um número cada vez maior de associados, que procuram a entidade com cartas de Associações ou Escritórios de Advocacia, informando ao aposentado que tem direito receber um valor, mas para que o processo caminhe é preciso depositar um valor em dinheiro. “Esse tem sido o golpe mais comum que temos verificado aqui na Associação e sempre estamos alertando os nossos associados para que fiquem atentos”.

Importante saber

A Previdência Social não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou telefone.

Todos os serviços da Previdência Social são gratuitos.

Não utilize intermediários para entrar em contato com a Previdência Social.

Em hipótese alguma, deposite qualquer quantia para ter direito a algum benefício previdenciário.

Em caso de dúvidas, ligue para a Central 135 e agende uma visita a uma Agência da Previdência Social (APS), ou procure a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Valinhos.

Não forneça os seus dados pessoais para terceiros, já que estes dados podem ser utilizados para fins ilícitos.

“Em caso de golpes, registre imediatamente um boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunique o fato à Ouvidoria Geral da Previdência Social, pelo telefone ou site, aqui na Associação dos Aposentados de Valinhos estamos à disposição para dar quaisquer esclarecimentos aos nossos associados através de nossa assessoria jurídica”

OvÍdio Vacari destaca ainda: “É importante que os beneficiários do INSS fiquem atentos e não confiem em pessoas que prometem apressar andamento de processos previdenciários, liberar valores atrasados, vender produtos, entre outras facilidades. Os estelionatários usam desse tipo de argumento para enganar as pessoas. O INSS informa que todos os contatos com seus segurados são feitos por meio de correspondência e jamais via telefonema ou e-mail. Da mesma forma, em nenhuma hipótese são solicitados dados do cidadão e muito menos que ele faça depósitos de qualquer natureza, pois todos os serviços do instituto são gratuitos. Mais uma vez, a orientação é entrar em contato com a Polícia Civil, informando o nome e o telefone usados pelo fraudador no contato ou procure a AAPV, na Rua Antonio Madia Filho, 59, no centro de Valinhos.

 

 

 

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *