Como atividade física pode reduzir o risco de câncer Como atividade física pode reduzir o risco de câncer
Pesquisa revela que prática regular de exercícios está associada à diminuição de fatores de risco Você pratica exercícios físicos? Saiba que os benefícios da... Como atividade física pode reduzir o risco de câncer

Pesquisa revela que prática regular de exercícios está associada à diminuição de fatores de risco
Você pratica exercícios físicos? Saiba que os benefícios da prática regular de atividades vão muito além da melhora do condicionamento físico, perda de peso e estética. De acordo com a Veja, uma publicação de 2016 da revista científica JAMA Internal Medicine revelou que a prática pode reduzir em média 7% a probabilidade de desenvolver qualquer tipo de tumor.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Nacional do Câncer, dos Estados Unidos, que revisou 12 estudos americanos e europeus. Durante cerca de 11 anos, a pesquisa acompanhou 1.4 milhão de participantes e registrou 186.932 casos da doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) sugere que os riscos de aparecimento da doença estão relacionados ao estilo de vida que a pessoa leva. Sedentarismo, obesidade, sobrepeso e consumo excessivo de gorduras respondem, em especial, pela elevação dos casos de contração de tumores.

“Apenas um pequeno clique nas publicidades é uma grande ajuda para manter nosso Portal”

Além disso, outros estudos recentes da Universidade de Stanford mostram que, atualmente, 73% das mortes nos grandes centros urbanos estão relacionadas ao estilo de vida inadequado, que favorecem o aparecimento das chamadas doenças crônicas, como a obesidade, o diabetes, a hipertensão arterial e o câncer.

Ajuste sua rotina
A medicina preventiva sempre vai ser o melhor remédio para o câncer. Procure seu médico e realize check-ups periódicos. O diagnóstico precoce eleva a chance de cura e conhecer os fatores de risco que podem levar à manifestação de tumores pode te dar mais tempo para reconhecer e modificar os hábitos que são nocivos à saúde.

Fazer ajustes na rotina, como caminhar pequenas distâncias, trocar o elevador pela escada e o carro pela bicicleta podem colaborar para diminuição dos riscos de contrair a doença. A academia ao ar livre, hoje facilmente encontrada em parques e praças, pode ser uma boa opção para quem ainda não adquiriu o hábito de se exercitar.

A recomendação da OMS é que pessoas entre 18 e 64 anos pratiquem pelo menos 150 minutos de exercícios moderados por semana, ou seja, pouco mais de 20 minutos por dia. E, apesar de não estar muito claro se há algum tipo de atividade específica que seja superior na prevenção do câncer, é recomendado investir em qualquer atividade física, desde que se tenha procurado ajuda especializada para definir quais são os exercícios mais indicados para cada pessoa e qual deve ser a sua intensidade.

Dentre as recomendações médicas, basta escolher aquelas atividades com as quais você mais se identifica e sente prazer, isso também é importante, pois gostar dos exercícios aumenta a chance da prática ser mantida regularmente e, consequentemente, reduz as chances de incidência de doenças crônicas.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *