Focando a prevenção, Prefeitura de Sumaré divulga ações para Operação Estiagem 2018 Focando a prevenção, Prefeitura de Sumaré divulga ações para Operação Estiagem 2018
Oficialmente, a Operação Estiagem 2018 terá início dia 1º de julho, porém, Sumaré já está alerta e realizando ações de precaução, a fim de... Focando a prevenção, Prefeitura de Sumaré divulga ações para Operação Estiagem 2018

Oficialmente, a Operação Estiagem 2018 terá início dia 1º de julho, porém, Sumaré já está alerta e realizando ações de precaução, a fim de causar o menor impacto possível à população durante o período em que as chuvas são menos frequentes. A operação é realizada pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Municipal, que concentram o trabalho na prevenção dos focos de incêndio na cidade. Para atendimentos emergenciais, a Defesa Civil pode ser acionada pelo 3903-4147 e os bombeiros pelo 193.

—>>“Dê um click nos banners de publicidade dos nossos parceiros e ajude o Portal Novidade a crescer”<—

O trabalho tem finalidade pedagógica, consistindo em ações educativas com orientação aos munícipes e empresas da cidade, além do monitoramento dos possíveis focos de incêndios em coberturas vegetais e acompanhamento efetivo dos níveis de URA (Umidade Relativa do Ar). Além disso, as equipes das corporações municipais, juntamente com o GPA (Grupo de Proteção Ambiental), da Guarda, participam de treinamentos de como agir diante das ocorrências, combate a incêndio e atualização de protocolos.

Durante a estiagem, ocorre a diminuição da URA, ampliando a probabilidade de focos de incêndios. “Nosso objetivo principal é atuar na prevenção das queimadas. Acreditamos que, com a orientação à população e com a intensificação do monitoramento das áreas de risco, vamos evitar que ações de combate tenham de ser aplicadas. Alguns incêndios são provenientes de fatores naturais, mas a população também pode contribuir adotando alguns cuidados simples, evitando prejuízos ao meio ambiente e também à saúde pública”, explicou o superintendente de Defesa Civil de Sumaré, Carlos Eduardo Vicente.

A orientação é para a população não jogar bitucas de cigarros e fósforos em terrenos, estradas e rodovias; não jogar lixo em local inadequado; evitar queimadas de terrenos baldios ou vazios; não queimar lixo e entulhos; em caso de acampamentos ou festas juninas, por exemplo, a fogueira deve ser feita em locais sem vegetação e sem fios de alta tensão; não soltar balões.

“Nossas equipes municipais de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros estão de prontidão 24 horas para atender a população e reduzir os riscos de incêndios causados pelo tempo seco. Esse é um período que precisamos redobrar a atenção e contamos com a colaboração da população para que não jogue lixo nas ruas ou coloque fogo em matas, por exemplo. Nosso objetivo é encerrar a Operação Estiagem com a menor quantidade de ocorrências possível”, disse o prefeito Luiz Dalben.

URA

A Defesa Civil de Sumaré também já está monitorando 24 horas por dia os índices da URA, sempre alertando os órgãos e a população quando os números forem preocupantes. Quando a umidade relativa está até 30%, há um estado de observação. De 30% até 20%, é considerado nível de atenção e a população deve evitar fazer exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas, umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água, permanecer em locais protegidos do sol e consumir água à vontade.

Quando a URA for de 20% a 12%, verifica-se o chamado nível de alerta, e é importante observar as recomendações do estado de atenção, suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas.

O nível de emergência ocorre quando a URA estiver abaixo de 12%. Caso isso aconteça, a população deve observar as recomendações dos estados de atenção e alerta e interromper qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas, como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência e suspender qualquer atividade que exija aglomeração de pessoas em recintos fechados. Durante as tardes, deve-se manter úmidos os ambientes internos, principalmente os quartos de crianças, idosos e hospitais.

­            Outros cuidados devem ser adotados neste período de tempo seco: beba muita água; coma mais frutas e vegetais; evite objetos que acumulem poeira, como tapetes, cortinas e bichos de pelúcia; evite ar-condicionado; umedeça o ar de sua casa deixando toalhas úmidas em alguns cômodos; limpe os olhos com algodão e água esterilizada para evitar irritações e outros problemas oculares; utilize soro fisiológico nas narinas, seguindo sempre orientação médica.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *