Hospital Universitário da UFSCar realiza Mutirão da Saúde em São Carlos no dia 31 de maio Hospital Universitário da UFSCar realiza Mutirão da Saúde em São Carlos no dia 31 de maio
Iniciativa integra ação nacional da Rede Ebserh e vai oferecer consultas, exames e ações educacionais No próximo dia 31 de maio, o Hospital Universitário... Hospital Universitário da UFSCar realiza Mutirão da Saúde em São Carlos no dia 31 de maio

Iniciativa integra ação nacional da Rede Ebserh e vai oferecer consultas, exames e ações educacionais

No próximo dia 31 de maio, o Hospital Universitário Prof. Dr. Horário Carlos Panepucci da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar) realiza diversas ações no âmbito do Mutirão Nacional da Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Nacionalmente, os 39 hospitais universitários administrados pela Ebserh integram a iniciativa.

Em São Carlos, serão oferecidas 28 consultas nas especialidades de Neurologia e Nefrologia, no Ambulatório de Especialidades do HU, e 196 exames entre tomografia, raio-x, ultrassonografia e eletrocardiograma, realizados  na Unidade de Imagem do Hospital. De acordo com Valéria Gabassa, gerente de Atenção à Saúde do Hospital Universitário da UFSCar, os pacientes que serão contemplados com esses exames e consultas serão definidos pela Central de Regulação de São Carlos, ligada diretamente à Secretaria Municipal de Saúde, que tem o controle de quais pacientes estão em fila de espera. “Nesta segunda-feira (29/5), a equipe do Hospital já vai entrar em contato com esses pacientes para a confirmação do procedimento e informar o horário em que devem comparecer ao HU”, explica Gabassa.

“Nossa expectativa é poder contribuir com o município na redução da fila de espera para esses procedimentos e consultas de especialidades”, afirma a gerente de Atenção à Saúde. Para a realização dos exames e consultas ofertadas durante o Mutirão, o HU terá um total de 40 profissionais envolvidos e os demais serviços oferecidos pelo Hospital (atendimentos de urgência e emergência – adulto e pediátrico – e internação) estarão funcionando normalmente.

Por se tratar de Hospital de ensino, o HU-UFSCar também promove na cidade oito ações educativas. No dia 31 de maio, é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Tabagismo e, para lembrar a data, o Mutirão do HU-UFSCar vai fazer uma campanha de orientação sobre os malefícios do tabagismo ativo e passivo junto aos usuários que estarão no saguão de entrada do Hospital. Também serão realizadas ações para grupos específicos em alguns pontos da Rede de Atenção à Saúde da cidade, com orientações sobre prevenção de quedas e cuidados com a saúde do idoso, além de instruções para cuidadores de idosos com Alzheimer.

Para a equipe interna do HU-UFSCar também haverá várias atividades: palestra sobre incontinência urinária, ministrada por docentes do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da UFSCar; oficina sobre artrose, com orientações fisioterápicas para melhorar a qualidade de vida dos portadores da doença, também conduzida por professores da Universidade; e oficina sobre suporte básico de vida. Os funcionários poderão participar de uma roda de conversa sobre a realização de pesquisas no HU e de uma reunião de atualização multiprofissional com o tema “Crise de Asma”.

Cerca de 40 profissionais do HU (docentes e funcionários) e 60 alunos dos diversos cursos da área da Saúde da UFSCar estarão envolvidos nas atividades. Para Flávia Pileggi Gonçalves, gerente de Ensino e Pesquisa do Hospital e docente do Departamento de Medicina (DMed) da UFSCar, as expectativas quanto ao Mutirão são muito positivas. “As ações visam a melhoria da qualidade de vida das pessoas e difundir orientações sobre cuidados com a saúde é investir na própria saúde da população.

Além disso, as iniciativas voltadas ao público interno do HU objetivam, além do cuidado com a saúde dos funcionários, também o aperfeiçoamento das ações realizadas dentro do Hospital, tanto na atenção aos pacientes, quanto na produção de pesquisa científica”, destaca Gonçalves.

Ação nacional
Este é 2º Mutirão Nacional da Rede Esberh e disponibilizará mais de oito mil procedimentos, o que equivale ao dobro de atendimentos realizados na primeira edição, em novembro de 2016. A iniciativa contará com a participação dos 39 hospitais universitários filiados à estatal, nas cinco regiões do País. As unidades oferecerão cirurgias, exames, consultas e ações educativas que têm como objetivo reduzir a demanda reprimida nas unidades hospitalares e no Sistema Único de Saúde (SUS). Mais de 3,7 mil pessoas estão envolvidas nas atividades do Mutirão, incluindo médicos, enfermeiros, profissionais da área assistencial e administrativa, dentre outros.

 

  • Carlos Silva

    30 de maio de 2017 #1 Author

    No litoral Paulista também vai ter algum mutirão Oftalmologico;
    E como participo.
    ,

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *