Jovem empreendedor de Florianópolis chega a faturar R$30 mil ao mês com unidade da Rede Leve Pizza Jovem empreendedor de Florianópolis chega a faturar R$30 mil ao mês com unidade da Rede Leve Pizza
  Ele mudou seu estilo de vida, economizou e se arriscou em uma área completamente nova. É esse perfil de coragem e autoconfiança que... Jovem empreendedor de Florianópolis chega a faturar R$30 mil ao mês com unidade da Rede Leve Pizza

 

Ele mudou seu estilo de vida, economizou e se arriscou em uma área completamente nova. É esse perfil de coragem e autoconfiança que marca esse nova geração de jovens empreendedores 

Uma pesquisa realizada recentemente pelo Brasil todo sobre o perfil do jovem empreendedor brasileiro mostrou que, apesar de estarem pessimistas com relação ao cenário político e econômico no país, os nossos jovens empreendedores ainda desejam investir em um novo segmento de negócio. O estudo, divulgado pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), revelou que as características destes são: sexo masculino, idade entre 25 e 30 anos, ensino superior completo, microempresário, com apenas uma empresa no nome e faturamento anual de R$ 60 mil a R$ 360 mil, além de vontade de investir em um novo segmento de negócio. A análise revelou ainda que 71% dos jovens empreendedores brasileiros são do sexo masculino e 29%, feminino.

Além disso, há pouco tempo, o Sebrae também divulgou uma pesquisa que revelou que 72% dos jovens brasileiros pretendem ser mais independentes e, futuramente, donos do próprio negócio. E não precisamos ir muito longe para perceber isso não? Basta olha ao redor que já é possível encontrarmos alguém com essas caraterísticas acima, assim como muita proatividade, autoconfiança, capacidade de inovação, planejamento e networking.

E é nesse contexto que a Rede Leve Pizza se insere. A marca, que é pioneira no Brasil no segmento de pizzas pré-assadas em franchising, foi criada por alguém nesse perfil. “Eu atendia telefone, montava massa, fazia compra, cotava fornecedores… No período da manhã eu trabalhava ainda com meu pai (equipamentos odontológicos), na área administrativa, para eu conseguir uma renda extra e reinvestir naquilo que eu acreditava, a Rede Leve Pizza. Nessa época, eu chegava a trabalhar 16 horas por dia”, lembra Tiago Azem, o diretor executivo da marca sobre a época em que inaugurou a marca no Brasil, em 2008. “Essa força de vontade que eu tinha quando era mais jovem é fundamental para esse novo perfil de empreendedor hoje em dia. E é nele que focamos. Tanto é que, hoje em dia, aproximadamente 25% de nossos franqueados possui idade entre 20 e 30 anos de idade”.

Em meio a esses números, encontramos Vinicius Guilherme Brock, de 25 anos, que vive atualmente em Florianópolis (SC), onde abriu sua unidade da Rede em novembro do ano passado. Sem experiência alguma no segmento de alimentação – muito pelo contrário, veio ramo automotivo –, o jovem conheceu a rede na sua cidade Natal, Lages, a cerda de 200 quilômetros dali. Junto com a família, ele era cliente fiel da unidade de lá.

O jovem decidiu investir quando o ramo de venda de carros despencou naquele ano. “Prevendo momentos de crise como esse, eu já havia juntado uma boa quantia de dinheiro, vendido alguns bens, quando resolvi adquirir o próprio negócio. Vivemos em um país onde é muito difícil fazer parte da classe trabalhadora – a meu ver, a mais explorada pelo governo. Por isso decidi investir no empreendedorismo e ser dono do meu próprio negócio”, conta. 

Foi então que ele mergulhou de cabeça no negócio, com a cara e a coragem, se arriscando, inclusive, nos quesitos administração e gestão, com os quais não tinha proximidade. “Eu tinha pouca experiência em gestão, até mesmo em razão de minha formação acadêmica (Ciências Contábeis)”, lembra. 

Coragem: outra habilidade fundamental ao jovem empreendedor 

Antes de chegar à Rede Leve Pizza, Vinicius trabalhou durante quatro anos como corretor de seguros e financiamentos em uma concessionária de carros. “Enquanto cursava Ciências Contábeis, aproveitei a boa fase das vendas de carro pra acumular dinheiro”, lembra. No entanto, segundo ele, com a chegada da crise, as vendas de carros despencaram, o que impactou diretamente no seu estilo de vida.

“Durante um ano pesquisei por diversas franquias até decidir pela Rede Leve Pizza, troquei meu carro por um mais simples e busquei investidores para complementar o meu capital. Larguei tudo pra realizar um grande sonho, ter o meu próprio negócio”, recorda.

E deu certo! Ele apostou na novidade, que ainda é a questão das pizzas pré-assadas em algumas regiões do país, buscou uma cidade com alto potencial de compra e jogou todas as suas fichas em uma unidade no bairro Estreito de Florianópolis. “Nessa região é muito comum encontrarmos vários food trucks ao longo da avenida principal e alguns restaurantes que servem almoço. Já Florianópolis, como um todo, é muito eclética no quesito alimentação”, conta.

Em meio a localização privilegiada e valorizando, acima de tudo, o atendimento, atualmente, Vinicius já chegou a média de R$30 mil de faturamento bruto mensal e tem como meta, em seis meses, atingir a casa de 2,5 mil pizzas vendidas. “Além disso, oferecemos alguns mimos, como estacionamento exclusivo e – claro! – pizzas deliciosas, muito similares as tradicionais, feitas na hora da compra (não são congeladas), com ingredientes frescos, assadas em apenas 10 minutos no forno, na casa do cliente e, o melhor, por apenas R$22,99 reais”.

“Acredito que qualquer negócio pode ter o perfil jovem e inovador, desde que o empreendedor tenha boas ideias, tome decisões precisas a assertivas e não se esqueça de permanecer sempre em inovação, com boa rentabilidade e dando assistência constante aos clientes e funcionários”, coloca. “Minha dica é: quanto mais você trabalha mais sorte você tem!”, acrescenta. 

Mas Vinicius também enfrenta alguns desafios, por conta da idade, no dia a dia. “Minha maior insegurança é conseguir credibilidade com parceiros. Por ainda ser jovem, eu sofro uma espécie de ‘preconceito’ nessa hora, mas, consigo driblar bem isso. Exemplo: meu primeiro contato com parceiros é feita sempre por telefone, onde uso as técnicas que possuo na área de vendas. Avançando nessa conversa, parto para o encontro presencial”, revela. “E quando encontro algum grande obstáculo sei que, com forte auxílio do pessoal de Rede Leve Pizza e, principalmente, da minha família, encontro forças para superá-lo”, finaliza.

SOBRE A REDE LEVE PIZZA

A Rede Leve Pizza inovou ao criar a primeira pizza pré-assada do Brasil. É a primeira a oferecer esse tipo de produto no Brasil. Em 2010 entrou para o franchising com a unidade piloto em São José do Rio Preto (interior de SP). Hoje, apenas seis anos depois, a rede já soma 130 unidades em quase todas as regiões do país. O modelo de negócio da rede atrai cada vez mais investidores por conta do baixo investimento e do forte apelo visual. Já as pizzas pré-assadas se destacam na concorrência pela: variedade, afinal, são mais de 70 sabores no menu; pela praticidade, pois são assadas em 10 minutos; e pelo preço competitivo. Além disso sua massa e molhos são especiais desenvolvidos com alto padrão de qualidade. O investimento gira em torno de R$166.500,00 a R$212.500,00 (essa variação se deve em razão da oscilação de adequação do imóvel), com expectativa de prazo de retorno do investimento entre 18 a 24 meses. www.redelevepizza.com.br

 

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *