Para aprimorar transporte municipal, Hortolândia lança canal de atendimento via celular Para aprimorar transporte municipal, Hortolândia lança canal de atendimento via celular
Prestação de serviço, por meio de aplicativo WhatsApp, foi lançado nesta quarta-feira (17/05), no auditório da Câmara Municipal, no Parque Gabriel O ônibus municipal... Para aprimorar transporte municipal, Hortolândia lança canal de atendimento via celular

Prestação de serviço, por meio de aplicativo WhatsApp, foi lançado nesta quarta-feira (17/05), no auditório da Câmara Municipal, no Parque Gabriel

O ônibus municipal atrasou? Motoristas da linha que você usa alteram o trajeto, sem autorização? O coletivo passa direto ao ver idosos no ponto? Se você quer aprimorar o transporte coletivo municipal, fale com a Prefeitura. A Secretaria de Mobilidade Urbana acaba de abrir um canal direto de contato com a população: o celular (19) 99976-3069, que, por meio do aplicativo WhatsApp, recebe mensagens com sugestões, críticas, denúncias e também elogios ao sistema.

O serviço foi lançado oficialmente, nesta quarta-feira (17/05), durante a Audiência Pública sobre Mobilidade Urbana, realizada pela Administração, no auditório da Câmara Municipal, no Parque Gabriel. O objetivo é ouvir as solicitações dos usuários e, assim, aprimorar o transporte coletivo municipal.

O novo canal de atendimento funcionará da segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com dois prazos de resposta: em até 24h, em dias úteis, ou nas primeiras 12h do primeiro dia útil após sábados, domingos e feriados. O WhatsApp da Mobilidade é exclusivo para demandas relativas ao transporte coletivo municipal. O usuário deverá informar local, horário, linha e prefixo do ônibus relacionado ao fato relatado.

Durante a Audiência, a equipe gestora apresentou aos presentes o que já foi feito para reestruturar o sistema de transporte urbano municipal, uma das principais metas da Prefeitura na área: além da criação da própria Secretaria de Mobilidade Urbana, a inspeção veicular na garagem da Viação Lira, concessionária responsável pelo serviço; fiscalização no Terminal Metropolitano e aferição do ICV (Índice de Cumprimento de Viagens), substituição da frota em caso de quebra e teste do ônibus elétrico, visando a renovação e substituição da frota. Entre as ações a realizar estão a implantação do próprio sistema de transporte e do bilhete único municipal e metropolitano, a criação de linhas que integrem os bairros e de cartão para idoso, além da definição de nova frota, em quantidade e tecnologia, dentre outras.

Para tornar Hortolândia referência em segurança viária, a Secretaria avalia que é necessário organizar o sistema viário, estacionamentos e circulação, priorizando a vida das pessoas. Entre os desafios está o de tornar a rodovia SP-101 mais segura, bem como fazer intervenções nas calçadas do município para torná-las acessíveis, aprimorar a sinalização, reativar radares para controle de velocidade e avanço do sinal, criar áreas de estacionamento e um pátio municipal.

Durante o evento, o secretário Atílio André Pereira também destacou ações realizadas e metas a cumprir nas demais áreas prioritárias: participação popular e transformação de Hortolândia em uma cidade “ciclável”, ou seja, em que as pessoas possam se deslocar de bicicleta com segurança e conforto. Estes tópicos também foram discutidos durante as 23 reuniões plenárias, promovidas pela Prefeitura entre março e maio deste ano.

Para o secretário, a Audiência Municipal foi uma primeira oportunidade de dar à comunidade retorno sobre questões apresentadas na 1ª rodada de plenárias, tais como carros abandonados, dificuldade de usar linhas municipais para chegar ao Centro e à Região do Green Park, regulamentação de pontos de estacionamento, desrespeito a usuários idosos por parte de motoristas do transporte coletivo e descumprimento das leis de trânsito por parte dos motoristas.

“O prefeito Angelo Perugini quer ouvir a população para que possamos mudar e transformar juntos o transporte público na cidade. Nas Plenárias da Mobilidade, ouvimos muitas críticas e vamos buscar soluções para melhorar a vida dos moradores”, afirmou o secretário de Governo, Carlos Alberto César, o Cafu.

“O principal objetivo do governo é ouvir os moradores, para que possamos implantar melhores condições na mobilidade urbana da cidade. Durante as Plenárias, foi importante a participação dos munícipes e percebemos que estamos no caminho certo. Os moradores anseiam por um transporte público de qualidade e vamos buscar melhorar”, ressaltou o secretário de Meio Ambiente e vice-prefeito, José Nazareno Zezé Gomes.

 

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *