O prefeito Luiz Dalben assinou neste sábado, dia 5, um decreto que declara situação de emergência em Sumaré devido ao elevado e atípico volume...

O prefeito Luiz Dalben assinou neste sábado, dia 5, um decreto que declara situação de emergência em Sumaré devido ao elevado e atípico volume de chuva registrado desde esta sexta-feira, dia 4. De acordo com o documento, sob coordenação da Defesa Civil Municipal, os órgãos da Prefeitura devem trabalhar em conjunto para minimizar os riscos e solucionar os problemas e desastres causados pelas fortes chuvas, principalmente nos bairros Jardins Primavera, Dulce, Basilicata, São Domingos e Três Pontes, além da Vila Diva, que foram atingidos mais severamente pelo mau tempo.

>> Ajude o Portal Novidade a crescer, dê um click nos banner’s de publicidade dos nossos parceiros<<

De acordo com o documento, além de todo o trabalho de controle e atendimento de ocorrências, realizado desde o início das chuvas, os órgãos estão autorizados, em caso de risco iminente, a penetrar nas residências para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação e permite a mobilização de voluntários da sociedade civil e de entidades assistenciais para reforçar as ações de resposta aos desastres.

Na noite de sexta e madrugada de sábado, Sumaré registrou 130mm de chuva, volume três vezes maior que o esperado, que resultaram no transbordo do Ribeirão Quilombo em alguns pontos da cidade, afetando famílias de áreas de ocupação e bairros próximos ao rio e alguns córregos. Neste momento, 38 famílias estão abrigadas nas Escolas Municipais Antonio Palioto, na região central, Ramona Canhete Pinto, no Matão, e Neusa Souza Campos, região do Picerno. Essas famílias recebem atendimento social e humanizado, como alimentação, doação de roupas, atendimento médico e as crianças também contam com uma equipe do Centro da Criança, realizando atividades de recreação.

“Nossas equipes estão monitorando a situação nas ruas da cidade desde o início da tarde de ontem, retirando as famílias de áreas de risco conforme foi havendo necessidade, porém, foram diversos pontos de alagamentos e inundações, que causaram danos nas vias públicas, pontes, adutoras e residências. Trabalhamos 24 horas por dia para minimizar os riscos à população e prestar assistência às famílias desabrigadas. Agradecemos a população, que, num lindo gesto de solidariedade, tem realizado doações a esses moradores desde o início do dia. Quem quiser contribuir pode entregar suas doações no Fundo Social de Solidariedade, na rua Dom Barreto, n° 1377, Centro, das 9 às 18 horas, e nas escolas que servem de abrigo aos munícipes. Conforme as águas forem baixando, a Defesa Civil fará a vistoria das casas, liberando as famílias para o retorno ao lar”, explicou o prefeito Luiz Dalben, que percorreu as escolas que servem de abrigo para conversar com as famílias.

A Administração Municipal reforça que atua diariamente, durante todo o ano, na manutenção do sistema de drenagem do município, com limpeza e desentupimento de bueiros, por exemplo, e adotou todas as medidas necessárias e permitidas por lei para evitar alagamentos. Todas as secretarias municipais trabalham de forma integrada, a fim de garantir a segurança e proteção da população. Em casos de urgência, os moradores podem acionar a Defesa Civil pelo 199, Corpo de Bombeiros pelo 193, SAMU pelo 192 e a Guarda Municipal pelo 3873-2656.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *