As ações do Programa Patrulha Maria da Penha, promovido pela Guarda Civil de Monte Mor estão a todo vapor. Com o objetivo de prevenir,...

As ações do Programa Patrulha Maria da Penha, promovido pela Guarda Civil de Monte Mor estão a todo vapor. Com o objetivo de prevenir, orientar e combater a violência doméstica em mulheres a coordenadora do programa, Daniela Eleotério realizou uma palestra para as moradoras do empreendimento Minha Casa, Minha Vida condomínio Pitangueiras em parceria com o departamento de assistência social da Caixa Econômica Federal.

“É um alto índice de criminalidade no município contra a mulher, por isso, precisamos debater o assunto, informar às mulheres como agir em caso de agressão e apoiá-las e principalmente fazer com que elas tenham a visão de como prevenir as agressões”, destacou Daniela.

“Ajude o Portal Novidade a crescer, dê um click nos banners de publicidade”

“Estamos planejando as próximas palestras que acontecerão em diversos pontos da cidade. Além disso a nossa principal orientação é conscientizar as famílias que a Guarda Civil Municipal está à disposição 24h por dia para atende-las. Muitas vezes há uma insegurança por parte da vítima em fazer a denúncia, e é isso que buscamos, mostrar que há direitos e deveres tanto da vítima quanto do agressor”, completou.

Há também a Sala Lilás para que possamos atender as vítimas em particular. Os atendimentos de procura espontânea ou agendadas podem ser realizados de segunda a sexta-feira das 8h às 17h na sede da GCM, localizada na Avenida Jânio Quadros, 487, na Região Central.

RESULTADO DOS PRIMEIROS DEZ DIAS DO PROGRAMA EM OPERAÇÃO

O programa Maria Patrulha da Penha entrou em operação em Monte Mor, há cerca de dez dias.  Medidas protetivas que estavam em andamento no Poder Judiciário são acompanhadas pelo Programa que já apresenta resultados positivos. Na última segunda-feira (29), um agressor foi detido por agentes da GCM por descumprir as limitações impostas na ordem judicial.

Para o secretário de Segurança Pública, Adelício Paranhos o programa contribuirá com as famílias de Monte Mor. “Além dos novos atendimentos as vítimas que solicitarem, o objetivo é visitar as vítimas, acompanhar as medidas encaminhar os casos para serem assistidos por cada Secretaria competente”, afirmou Paranhos.

 

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *