Almoço especial comemora 10 anos do Bom Prato Jundiaí nesta terça Almoço especial comemora 10 anos do Bom Prato Jundiaí nesta terça
Em dez anos de funcionamento, unidade serviu mais de 3,7 milhões de refeições; almoço especial com bolo de aniversário será servido nesta terça-feira (05/04)... Almoço especial comemora 10 anos do Bom Prato Jundiaí nesta terça

Em dez anos de funcionamento, unidade serviu mais de 3,7 milhões de refeições; almoço especial com bolo de aniversário será servido nesta terça-feira (05/04) e tem custo de R$ 1,00

Nesta terça-feira (05/04), o Bom Prato Jundiaí servirá almoço especial em comemoração aos 10 anos de funcionamento da unidade, localizada na Rua Vigário João José Rodrigues, 1005. A partir das 10h30, o público poderá saborear filé de frango à milanesa, creme de milho, salada de escarola com tomate, abacaxi e laranja, arroz, feijão, pãozinho, suco de laranja com mamão, além de bolo de aniversário de doce de leite como sobremesa.

O cardápio completo* terá custo de R$ 1,00 para população, mesmo preço praticado nas mais de 3,7 milhões de refeições servidas desde sua inauguração em abril de 2006. Crianças até seis anos têm a refeição gratuita.

De segunda a sexta-feira são servidos 300 cafés da manhã a R$ 0,50 e 1.500 almoços a R$ 1,00. A unidade é gerenciada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Cultural (Indesc) e oferece além das refeições, acesso a computadores e internet gratuitamente.

Nesses dez anos, o Governo do Estado de São Paulo investiu mais de R$ 9,7 milhões para custeio das refeições e na infraestrutura da unidade. Para o secretário de Estado Adjunto de Desenvolvimento Social de São Paulo, Felipe Sigollo, em ano de crise econômica é fundamental comemorarmos mais um ano de funcionamento de um serviço público que garante a segurança alimentar da população com menor faixa de renda.

Sobre o Bom Prato

Criado há 15 anos, a rede de restaurantes populares oferta alimentação balanceada e de qualidade (almoço e café da manhã), além de serviços como internet gratuita, com foco na população de baixa renda, idosos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Desde a inauguração em 2000, já serviu mais de 258 milhões de toneladas de alimentos e 155 milhões de toneladas de frutas. No Estado de São Paulo o programa é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e atende anualmente mais de 20 milhões de pessoas.

Atualmente há 50 unidades em funcionamento, sendo 22 localizadas na Capital, oito na Grande São Paulo, cinco no litoral e 15 no interior.

O almoço tem custo de R$ 1,00 para o usuário. A alimentação é balanceada com 1.200 calorias, composta por arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa (geralmente uma fruta da época). O subsídio governamental é de R$ 3,81 para adultos e de R$4,81 para crianças com até 6 anos, que têm a refeição gratuita.

Já o café da manhã é oferecido leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição, de 400 calorias em média, custa R$ 0,50 ao usuário. Em setembro de 2011, este serviço foi implantado em todos os restaurantes, com subsídio do Estado no valor de R$ 1,03 por refeição matinal.

Nenhum comentário até o momento.

Seja o primeiro a deixar comentários abaixo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *