Minas Gerais é a aposta de franquias para expansão em diversos segmentos Minas Gerais é a aposta de franquias para expansão em diversos segmentos
Potencial aquisitivo e populacional do Estado chama a atenção dos empreendedores  O segmento de franchising continua sendo uma ótima alternativa aos que desejam investir em um... Minas Gerais é a aposta de franquias para expansão em diversos segmentos

Potencial aquisitivo e populacional do Estado chama a atenção dos empreendedores 

O segmento de franchising continua sendo uma ótima alternativa aos que desejam investir em um novo negócio. Somente no primeiro trimestre deste ano, a receita do setor cresceu 9,4% em relação ao mesmo período de 2016. O faturamento passou de R$ 33,710 bilhões para R$ 36,890 bilhões, segundo dados divulgados recentemente pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

São Paulo e Rio de Janeiro continuam sendo os Estados mais procurados para o momento de investir, no entanto, Minas Gerais, que se encontra na quarta posição, é um dos estados que vem crescendo a passos largos.

Quando o assunto é ampliação de negócios, a capital mineira, Belo Horizonte e arredores, é um dos lugares que chama a atenção das franqueadoras devido ao grande número de habitantes e pelo potencial de crescimento para expansão de redes.

ALIMENTAÇÃO 

Minas Gerais deixou de ser apenas a terra do pão de queijo. Outra iguaria que vem ganhando cada vez mais espaço: a pizza, que já é tradicional na maioria das residências brasileiras. Segundo levantamento da APUESP (Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo), no Brasil, existem 36 mil pizzarias em funcionamento. É um setor que gera 360 mil postos de trabalho, com faturamento em torno de R$ 22 bilhões por ano.

Para se ter ideia da expansão deste prato, em Belo Horizonte, a rede Fórmula Pizzaria, nascida na cidade, já conta com quatro unidades em operação espalhadas pelos bairros Castelo (unidade própria); Sagrada Família; Gutierrez, e Buritis. O plano é abrir mais cinco lojas, nos próximos dois meses, nos bairros Itapoã; Funcionários; Anchieta; Santo Antônio e bairro Padre Eustáquio.

A franquia se destaca no mercado tendo como ponto alto a qualidade no produto, experiência positiva no contato do cliente com as unidades e rapidez na entrega dos pedidos, tendo como foco principal o serviço delivery. A ideia deste projeto tão inovador é do diretor da marca Henrique Mol, de 32 anos, que afirma que um dos grandes desafios que pretende conquistar é se tornar a maior rede de pizzarias em Belo Horizonte.

Outra marca que também vem ganhando espaço neste segmento é a Rede Leve Pizza, franquia exclusiva de pizzas pré-assadas, pioneira no país, que pretende investir em três unidades em BH, somente este ano, além de atingir outras capitais do Brasil que ainda não possuem suas unidades.

“Visualizamos como uma cidade com potencial enorme, por se tratar da capital de um estado tão próspero e de boas oportunidades. Temos convicção que os futuros franqueados dessa praça estarão entre nossos melhores do Brasil, sem dúvida”, ressalta Tiago Azem, diretor executivo da rede.

A média de faturamento bruto mensal das unidades da Rede Leve Pizza é de R$ 60 mil somente em venda de pizza com uma rentabilidade líquida de até 25%.

SUSTENTÁVEL 

É possível observar cada vez mais medidas sustentáveis com o universo empresarial, tendo em vista a preocupação com as questões ambientais, sociais e éticas, a consciência sobre a importância da preservação do planeta vem sendo levada a sério no mundo dos negócios.

Foi pensando em transformar o ambiente que a PremiaPão, rede de franquias com foco em propaganda em saco de pão, nasceu com o objetivo de fazer essa diferença. Em Belo Horizonte, a franquia possui atualmente uma unidade, situada na região Norte. “Os franqueados de MG estão acima da média em produções e lucratividade comparado aos franqueados no Brasil. Minas Gerais realmente tem um potencial incrível de absorção da mídia e longevidade do franqueado na região. No momento possuímos 18 franquias em todo esse Estado. A grande maioria adquiriu a franquia há menos de 2 meses e já temos 6 produções em um pequeno espaço de tempo, onde a maioria das franquias passam o primeiro mês em treinamento e captação de anunciantes e fecham a primeira tiragem a partir do segundo mês”, explica Raphael Mattos, diretor executivo da marca.

A expectativa da marca é adquirir para este ano oito novas regiões somente na capital mineira. Para o interior do Estado, a perspectiva é chegar a mais oito franquias até o final de 2017. Trata-se de um negócio acessível para quem busca baixo investimento e nenhum capital de giro, além de ser home based e ausente de custo operacional. Seu produto de eco-mídia promove o combate ao desperdício e poluição de sacos plásticos e outros materiais de mídia não biodegradáveis.

A franquia TRC Sustentável também é modelo de negócio direcionado ao meio ambiente que busca economizar água, já que várias partes do Brasil registraram nos últimos anos o problema de abastecimento.

Em BH, a marca que já possui uma unidade em operação, estima encerrar 2017 com ao menos mais duas unidades, visto que a cidade abriga mais de 2,5 milhões de habitantes, o que caberia até 12 unidades, levando em conta que a franquia sempre abrange uma área de até 200 mil habitantes.

Anderson Silva, diretor executivo da rede TRC Sustentável, salienta que apesar da companhia de abastecimento da região, afirmar que uma crise hídrica está descartada na região, a TRC reforça sobre a redução de custos. “Em se tratando de economia financeira, todos querem reduzir gastos. A implantação do PGA (Projeto de Gestão da Água), e outros serviços da rede reduz o consumo e gera economia. E, hoje, os maiores custos de empresas e residências são de energia elétrica e água. Devido a isso, nossa expectativa de expansão é atingir BH, mas também qualquer outra região do país. Independente se ela passa ou não por uma crise hídrica”, enfatiza.

TURISMO 

A Encontre sua Viagem, rede de franquia de agências de viagem, que já conta com mais de 540 unidades espalhadas por diversos lugares do Brasil, preparou um plano de expansão que visa a implantação de mais 10 unidades somente em Minas Gerais até o final deste ano. Cidade como Belo Horizonte continua no radar da marca, que possui atualmente 13 unidades em operação na capital, com expectativa de criar mais uma até o final de 2017.

Aos que desejam se tornar franqueados, o investimento inicial é a partir de R$ 5 mil, com faturamento médio mensal de R$ 50 mil e prazo de retorno de 3 a 12 meses. “Buscamos franqueados que tenham perfil de gestão e liderança, e que tenham paixão em viajar”, avalia o diretor da marca Henrique Mol.O setor de Hotelaria e Turismo foram os que mais apresentaram crescimento no primeiro trimestre deste ano, com um faturamento maior em 31% na comparação com o mesmo trimestre de 2016. De acordo com a ABF, o resultado expressivo demonstra a recuperação do segmento que nos primeiros três meses do ano passado havia registrado 15% de queda da receita. A maior estabilidade do dólar, a redução do endividamento das famílias também explicam a significativa expansão.

HOME OFFICE 

Quem não quer uma chance de ter seu próprio negócio e ainda por cima trabalhar em casa?! Empresas direcionadas ao home office também olham as cidades mineiras como um diferencial para os negócios. Para Kawel Lotti, CEO da Acqio Franchising, somente este ano a marca tem expectativa de expandir seus negócios para 5 unidades em BH, além de mais 30 no Estado. A marca que possui mais de 540 unidades espalhadas pelo Brasil, é especializada em pagamentos eletrônicos de cartões de crédito e débito por meio de equipamentos POS (WiFi e GPRS).

O negócio promissor tem interessado muitos brasileiros, que enxergaram na crise, a oportunidade de ter seu próprio empreendimento, principalmente por se tratar de um negócio home office que permite apenas trabalhar com um computador, internet, telefone, além de muita força de vontade.

Outra marca que permite ao franqueado ter um horário mais flexível através do home office é a Bidon Corretora de Seguros.

Henrique Mol, responsável pelo setor de franquias da marca, explica que a empresa identificou Minas Gerais como uma praça importante para conquistar novos franqueados e consumidores de seus produtos. Para isso, a marca espera aumentar em mais 10 unidades, para algumas cidades de Minas Gerais, somente este ano.

O objetivo da rede é focar na capital mineira e nos polos com número grande de habitantes no Estado, aumentando assim, o potencial de mercado e as possibilidades de investimento dos novos franqueados. “Nossa estratégia está focada em número de habitantes. Cidades com número superior a 200 mil habitantes mostram-se mercados com evolução rápida do franqueado em volume de vendas”, explica Mol.

RAIO-X DAS FRANQUIAS 

Fórmula Pizzaria

Fundação: 2014 • Início no franchising: 2016 • Nº de unidades franqueadas: 9 • Investimento inicial: R$ 145 mil • Taxa de franquia: R$ 40 mil • Capital de giro: R$ 30 mil • Royalties: R$ 11 mil • Taxa de publicidade: R$ 500,00/mês • Nº de funcionários: 4 • Faturamento bruto mensal: R$ 70 mil • Lucro líquido mensal: 17% do faturamento • Prazo de retorno de investimento: 24 a 36 meses.

Rede Leve Pizza

Fundação: 2008 • Início no franchising: 2010 • Nº de unidades franqueadas: 120 • Investimento inicial: R$  166.500,00 • Taxa de franquia: R$ 35 mil • Capital de giro: R$ 20 mil • Royalties: não cobra • Taxa de publicidade: 2% • Nº de funcionários: a partir de 4 • Faturamento bruto mensal: a partir de R$60 mil • Lucro líquido mensal: a partir de R$12 mil • Prazo de retorno de investimento: de 18 a 24 meses.

PremiaPão

Fundação: 2015 • Início no franchising: 2015 • Nº de unidades franqueadas: 190 • Investimento inicial: de R$6.000 à R$14.000 • Taxa de franquia: R$6 mil (em regiões com até 100 mil habitantes); R$10 mil (em regiões com até 200 mil habitantes); R$14 mil (em regiões com até 300 mil habitantes) • Capital de giro: Nenhum. Trata-se da venda de serviço e trabalho com sistema home-based. E a franqueadora fornece todo o material de trabalho profissional para o seu franqueado que já está incluso na taxa de franquia • Royalties: 1/2 salário mínimo (em regiões com até 100 mil habitantes); 2/3 salário mínimo (em regiões com até 200 mil habitantes); 3/4 do salário mínimo (em regiões com até 300 mil habitantes) • Taxa de publicidade: zero • Nº de funcionários: 0 (ou 1 se considerar o dono) • Faturamento bruto mensal: R$12.160,00 • Lucro líquido mensal: R$ 6.690 • Prazo de retorno de investimento: de 1 a 2 meses.

TRC Sustentável

Fundação: 2004 • Início no franchising: 2013 • Nº de unidades franqueadas: 51 • Investimento inicial: R$ 75 mil • Taxa de franquia: R$ 50 mil • Capital de giro: R$ 15 mil • Royalties: Nos 12 primeiros meses, o franqueado paga royalties no valor de um salário mínimo nacional vigente. A partir do 13º mês, é o salário mínimo nacional vigente ou 5% do faturamento bruto, considerando o que for maior • Taxa de publicidade: zero • Nº de funcionários: No mínimo três. Vendedor, recepcionista e encanador/técnico • Faturamento bruto mensal: R$ 30 mil • Lucro líquido mensal: Inicial de 2.364,80 (1° mês) a R$ 10.572,20 (a partir do 5° mês), considerando uma equipe de instalação e vendas e uma jornada de trabalho de 24 dias por mês • Prazo de retorno de investimento: de 10 a 14 meses.

Encontre Sua Viagem (modelo home office)

Fundação: 2011 • Início no franchising: 2011 • Nº de unidades franqueadas: 450 • Investimento inicial: a partir de R$5mil • Taxa de franquia: de R$3 a R$20mil • Capital de giro: R$2 mil • Royalties: de R$125,00 a R$675,00 • Taxa de publicidade: zero • Nº de funcionários: 1 • Faturamento bruto mensal: R$50 mil • Lucro líquido mensal: a partir de R$5 mil • Prazo de retorno de investimento: 3 a 12 meses.

Acqio Franchising

Início no franchising: 2015 • Nº de unidades franqueadas: 540 • Investimento inicial: R$ 5.490,00 • Taxa de franquia: R$4.490,00 mil • Capital de giro: R$ 1 mil • Royalties: ½ SM  • Taxa de publicidade: zero • Nº de funcionários: a partir de 1 • Faturamento bruto mensal: R$6 mil • Lucro líquido mensal: R$3.200,00 mil • Prazo de retorno de investimento: de 6 a 12 meses.

Bidon Corretora de Seguros

Fundação: 2011 • Início no franchising: 2016 • Nº de unidades franqueadas: 70 • Investimento inicial: R$11.990,00 • Taxa de franquia: R$9.990,00 • Capital de giro: R$ R$ 2 mil • Royalties: R$200,00/ mês (fixo) • Taxa de publicidade: zero • Nº de funcionários: 1 • Faturamento bruto mensal: R$ 50mil • Lucro líquido mensal: R$ 7.500,00 • Prazo de retorno de investimento: de 3 a 12 meses.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *